Formação Inter-empresas – ao encontro das necessidades da sua empresa

Esta é uma modalidade de formação que reúne trabalhadores de diferentes empresas num só espaço e que vai ao encontro das necessidades das empresas: flexibilidade, diversidade e custo.

Flexibilidade pois permite que os trabalhadores não integrem todos as mesmas ações, no mesmo dia e à mesma hora. Tal possibilidade traz benefícios para a entidade empregadora, uma vez que o impacto no processo produtivo é bem menor (podem permanecer trabalhadores na empresa que assegurem a produção) mas também ganhos para os trabalhadores, pois podem frequentar formações que estejam mais direcionadas para os seus próprios interesses ou funções desempenhadas.

Diversidade nos temas e no público-alvo. Existem quatro combinações de público-alvo/tema possíveis, quando se trata de formação inter-empresas:

  1. Formações com temas específicos para um público-alvo específico;
  2. Formações com temas específicos para um público-alvo alargado;
  3. Formações com temas gerais para um público-alvo especifico;
  4. Formações com temas gerais para um público-alvo alargado.

Vejamos algumas das vantagens para diferentes combinações.

A formação com um tema geral para um público-alvo alargado implica que seja um tema transversal a todos os setores podendo, através da formação inter-empresas, ganhar contornos bem mais interessantes para os formandos. Isto porque, ao existirem trabalhadores de contextos profissionais diferentes, a partilha de conhecimentos e experiências torna-se uma mais valia e um fator de distinção das outras modalidades formativas.

Se pensarmos em temas específicos para público-alvo alargado, percebemos que, ao debatermos o mesmo tema com populações diferenciadas, iremos encontrar novas perspetivas e melhores soluções para um mesmo problema. Assim como, se introduzirmos um tema especifico num público-alvo especifico, poderemos apoiar num maior desenvolvimento de áreas de atuação, abrindo caminho para a inovação e para o saber.

Por fim, temos o fator custo. Para as empresas, é sempre complicado gerir os custos de organizar formações para todos os seus trabalhadores. Seja pela necessidade de parar ou reduzir o processo de trabalho e com isso baixar os níveis de produtividade, seja pela necessidade de pagamento total de turmas inteiras de formação que dependendo do tema abordado, poderá ser de valor elevado.

Numa formação inter-empresas, os valores são sempre mais vantajosos para a gestão financeira das empresas, para além de que os custos não serão suportados numa só vez mas ao longo do ano, no decorrer das diferentes ações.

A formação capacita os trabalhadores para o aperfeiçoamento da sua atividade profissional e é uma ferramenta imprescindível num mercado global e no desenvolvimento da sustentabilidade das empresas.

A formação inter-empresas poderá ser a solução ideal para colmatar as necessidades que as empresas têm sentido e transmitido, a nível formativo.