Regresso ao trabalho – Atendimento ao público

Em todos os casos de risco para a saúde e segurança dos trabalhadores devemos implementar medidas de acordo com o nível de risco.

Um exemplo: passou a ser usual a utilização de barreiras de acrílico nos postos de atendimento. O risco é elevado e por isso a medida é adequada. Mas o risco já existia antes: a probabilidade de infeção com uma gripe “comum” também é elevada nesses locais, mas como o dano para a saúde dos trabalhadores é muito menor a medida seria excessiva.

Ou seja, temos que avaliar os riscos e proceder em conformidade e de acordo com a gravidade dos mesmos. Nos próximos meses, enquanto não existir uma vacina, cura, imunidade de grupo ou as características do vírus não se alterarem teremos que continuar a aplicar medidas de distanciamento rigorosas.

As medidas a implementar devem sempre seguir a mesma lógica: medidas organizativas e no ambiente físico primeiro e apenas depois a utilização de equipamentos de proteção individual.

Medida 1: Distanciamento
Se for possível aumentar o distanciamento no local de atendimento essa deve ser a primeira medida a implementar. Não é fácil, e certamente não se aplica a todas as situações, mas é a forma mais eficaz de proteger os trabalhadores.

Medida 2: Instalação de barreiras físicas
As instalações de barreiras físicas (ex. barreiras de acrílico que vemos agora nos supermercados) são também uma forma eficaz de manter o distanciamento. Ao contrário da medida anterior, estas barreiras podem ser colocadas em praticamente todos os espaços de atendimento. Qualquer empresa com atendimento ao público deve considerar a sua implementação durante os próximos meses.

Medida 3: Limpeza e desinfeção dos locais
Reforçar os procedimentos de limpeza e desinfeção de cada local. Não apenas pelas equipas de limpeza mas também após cada atendimento pelos colaboradores responsáveis por este.

Medida 4: Equipamentos de proteção individual
A utilização de máscaras, viseiras e luvas deve ser avaliada caso a caso. É também muito importante que cada utilizador saiba como e quando utilizador cada equipamento.

Medida 5: Formação e informação
Um complemento essencial das medidas a adotar é a formação e informação aos trabalhadores. Neste caso específico a informação aos clientes é também essencial, pois os seus comportamentos são essenciais para reduzir o risco.